quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Fé...



Passeiam meus olhos nas paisagens verdes
O sol tudo ilumina
O cheiro de tangerina
Leva-me a poesias distantes,
Sorrio que nem criança
E tudo o que era antes
Agora também o é...
Eu vejo as mesmas flores, porém mais vivas e cintilantes
Elas dançam nos canteiros e as borboletas colorem o azul celeste!
Eu respiro esse ar solene, e tudo o que minha alma suspira se faz!
Não tenho mais medo
Agora sinto a asa da paz
Não há segredo
Fé...
E nada mais!

2 comentários:

Ana Karulina disse...

Fé na vida e em tudo que ela nos traz, fé nos momentos mais difíceis e naqueles mais tristes. É ela que nos segura e nos faz acreditar que a vida em sua perfeição nos concede conhecer pessoas que faz mudar nossa própria alma. Fé, uma palavrinha pequena, mas que envolve todo nosso coração e nos faz construir um mundo diferente, onde tudo é possível viver.

Fé minha irmã, fé é eu saber que o hoje não conta mais, o importante é acreditar no amanhã.
Amo você.

Junot Oliveira disse...

Suas palavras sempre me surpreendem... Só vc sabe o potencial que tem de despertar nas pessoas os sentimentos desacreditados, mesmo que não abandonado, vivo em todos nós.
O amanhã nada mais é que o eterno presente... o hoje não tem fim, assim como nossa fé.
te amor minha louca genial