terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Um comentário:

Ana Karulina disse...

"Dá-me o silêncio da noite"

E com silêncio eu me liberto de todo o preconceito, toda a hipocrisia e o medo de ser feliz.
Com o silêncio eu escuto a mim mesmo e consigo ver meu coração, senti-lo e entendê-lo.

Longe de ti, me perco em luz e felicidade, me perco pelos céus e mares, alcanço as verdades.

Me encontro e me perco, não preciso ser perfeito e posso ser o que quiser, posso amar como quiser e assim alcançar minha alma.