quarta-feira, 9 de junho de 2010

Selena!

 
 
"A minha casa é a lua cheia, há muito tempo eu moro lá... 
Meu corpo é desse mundo aqui, mas meu espírito é do luar!"
 

Eterna luz a me embalar
Nas asas de vaga-lumes
Poetas do luar
Grãos de estrelas que se misturam
Não param de dançar
Colore a paz na terra,
E vive solene a encantar
O coração de violeiros da rua
Que compõem novos sonhos com a lua
e espalha-os nas águas do mar!
Clara!
Leve meu corpo flutua
E já posso sentir e tocar
A pele da minha alma nua
Transparecendo paisagens
oriundas do lado de lá...
Mágica!
Deusa conduz meu espírito
nesse universo sem fim
Nos jardins secretos do meu coração
Vou descobrindo o eterno de mim!

Um comentário:

Ana Karulina disse...

Lua nossa mãe, que se reflete em nós mesmos, nos fazendo acreditar em nossa força, na vida.
É ela que brilha forte no céu e nos dá a benção de poder seguir em frente, mesmo naqueles dias mais nublados que existem.
Com a beleza encantadora, nos diz que somos almas que encantam também, acreditamos nela e ela acredita em nós.
Lá de cima ela nos olha com os mesmo carinho que olhamos para ela, ela crê que somos tão encantadora e bela como ela mesmo.
Basta acreditar.

;D
nega lôra da lua.