sábado, 29 de agosto de 2009

Um comentário:

Ana Karulina disse...

Para o mar é onde eu quero fugir, navegar nas ondas de emoção, sentir o cheiro de liberdade, nadar nas águas de felicidade.

;)


Tô aqui sempre.