sábado, 15 de agosto de 2009

Pra me surpreender!




Mergulho no teu olhar interior

Quando distraído olhas para mim
Eu ouço o som da tua voz
Mesmo quando nada diz
Desejando a tua entrega
Debruço minha saudade na janela
E espero o sol chegar com você
Pra me surpreender
Eu me perco buscando
O teu caminhar sobre nós dois
A tua procura pelo nosso encontro
E nos olhos do horizonte
Ver-me refletida na inocência sincera dos teus sonhos!

Um comentário:

Ana Karulina disse...

"Eu ouço o som da tua voz
Mesmo quando nada diz"


Ele diz nos olhos e em suas ações que um dia, ah, um dia tudo será diferente para nós dois.
Eu acredito e continuo em meu coração a vontade de ter perto quem um dia me faz amar novamente.

Beijo força água minha!