quarta-feira, 27 de maio de 2009

Poema sem fala!





Esta que sinto em não dizer
Calo-me, o silêncio explica
Esse olhar, esse querer
Mágico e profundo, hipnotiza
Tal palavra
Move o chão e alucina
Poema sem fala
Se murmura se clama
Transborda a alma
Troca tudo e se desmancha
Sem começo, meio e fim
Se desfaz em chamas
No universo de mim!

Um comentário:

Ana Karulina disse...

Feliz daquele que sente o outro do seu lado, e esse outro lhe corresponde.
O amor é o maior sentimento e mais nobre que o ser humano pode ter.
Palavras inspiradas deste sentimento só podem ser maravilhosas.

E ainda mais quando se trata de ti Juli, que és iluminada e tens o dom de expressar sentimentos.

te amo minha mãe água.
que Oxum, orixá do amor, possa abençoar nós duas.